quarta-feira, 21 de setembro de 2016

Está no Ar a Pré-Venda de Senhores da Guerra!

Só lembrando que o Senhores da Guerra já está em pré-venda, e com 25% de desconto. Com isso o livro está saindo por R$ 29,90 na pré-venda, mas barato do que o inicialmente previsto.


Além disso, no ato da compra você já ganha o PDF para ir lendo enquanto aguarda o fim da pré-venda e a entrega dos livros físicos pela gráfica. Você pode garantir o seu exemplar na loja virtual da Redbox Editora.

E se você comprou a edição do livro vendido pela Ícaro Editora anos atrás e não recebeu, não esqueça de enviar um e-mail para redbox@redboxeditora.com.br com o assunto "Desconto Senhores da Guerra", encaminhando o comprovante de compra, para receber um desconto extra de 10%.

terça-feira, 20 de setembro de 2016

O Ídolo da Semana

O ídolo da semana:

The Joy of Painting!

A imagem acima é um montagem, claro, com uma imagem de Bob Ross e do Ídolo Demônio de Trampier - uma piada com o programa do pintor.

Para quem não sabe, Bob Ross foi um famoso pintor que possuía um programa de televisão chamado The Joy of Painting, onde ele dava aulas de pintura. O mote dele era que qualquer um era capaz de pintar.

Não sei se realmente qualquer um é capaz de reproduzir o ídolo de Trampier, mas certamente temos muitas versões dele por aí!

terça-feira, 13 de setembro de 2016

Mais Um Preview de Senhores da Guerra

A Redbox Editora liberou mais um preview do livro Senhores da Guerra hoje:

Clica aí que aumenta e dá pra ler!

Senhores da Guerra é um suplemento de fantasia histórica para Old Dragon, e sua pré-venda começa daqui a 2 dias, em 15 de Setembro.

segunda-feira, 12 de setembro de 2016

Tom DeSanto e o Gary Gygax Estate

A notícia já é meio velha, mas é sempre bom divulgar: o produtor de cinema Tom DeSanto assinou um acordo com os representantes do patrimônio de Gary Gygax para administrar o catálogo de material publicado e não-publicado do cocriador do D&D.

O anúncio deste contrato foi feito no dia 27 de Julho, data do aniversário de Gygax, e confirmado por Gail Gygax, viúva do autor e detentora dos direitos sobre seu patrimônio.

DeSanto foi produtor dos dois primeiros filmes da franquia X-Men, e de todos os filmes da franquia Transformers. De acordo com as notícias, ele haveria dito que já havia encontrado diversos potenciais projetos de "universos" entre o material não-publicado de Gygax, e que espera encontrar um "lar" para ao menos um destes projetos até o final do ano.

A parte boa é que DeSanto diz jogar RPG desde os 11 anos de idade, e participa do livro “30 Years of Adventure: A Celebration of Dungeons & Dragons”, no qual várias pessoas famosas comentam sobre sua experiência com o D&D. Talvez ele realmente seja capaz de capturar algo do espírito do trabalho de Gygax. Segundo a revista Variety, ele teria afirmado que (tradução minha):

Gary Gygax é um daqueles nomes que figura ao lado de George Lucas e Gene Roddenberry como contadores de histórias cuja influência alcançou o mundo inteiro e atravessou gerações, eu estou excitado em trabalhar com Gail e sinto-me honrado em trazer esses novos universos para uma audiência global da mesma maneira em que Gary capturou corações e mentes de todo o planeta com o ‘Dungeons & Dragons.'

Quanto a isso eu só posso concordar: Gygax está lado-a-lado com os maiores expoentes da cultura pop.

A parte ruim da história é que, apesar de num primeiro momento muita gente ter se entusiasmado com a possibilidade de vermos publicado algo do material original de Gygax que nunca viu a luz do dia, ao que parece os interesses de DeSanto são mesmo apenas com o cinema e a televisão. É muito difícil que vejamos algo novo e original de Gygax publicado no formato de RPG.

Resta ainda a dúvida de se e como a entrada de Tom DeSanto nessa história afetará o próximo filme do D&D, o qual teoricamente estaria sendo trabalhado desde 2015 pela Warner Brothers em conjunto com a Hasbro.

O Ídolo da Semana

O ídolo da semana:

A imagem é em um ângulo de visão meio ruim, mas é ele sim, confie em mim!

A imagem acima é uma tela do jogo para celular chamado Necronomicon Redux, e esse print me foi mandado pelo investigador do sobrenatural Rafael Beltrame.

Aparentemente parece que o app foi descontinuado, mas tratava-se de um card game virtual com temática dos Mythos de Cthulhu. É um jogo que se joga na modalidade solitária, isso é, o jogador joga totalmente sozinho, sem nem mesmo uma inteligência artificial contra ele, apenas contra a aleatoriedade da ordem de compra das cartas e sua própria capacidade estratégica.

Na imagem podemos ver, de um ângulo de baixo para cima, o que parecem ser as ruínas de um templo com o ídolo de Trampier lá dentro.

domingo, 11 de setembro de 2016

Dungeon Fantasy Roleplaying Game - Um Financiamento Coletivo Powered by GURPS

Apesar do subtítulo deste blog dizer "Discutindo as várias edições do Dungeons & Dragons", ele não é apenas um blog sobre o D&D e seus retroclones. Até pode ter surgido assim, mas hoje eu me dou o direito de falar sobre jogos old school em geral, mesmo que não tenham muito a ver com D&D. E eu considero GURPS um jogo bastante old school (sua primeira edição foi publicada em 1986, com raízes que alcançam bem antes disso), e que quase não sofreu mudanças ao longo do tempo. Tanto melhor se juntarmos GURPS e um boxed set para aventuras de RPG de fantasia - pouca coisa é mais old school que isso.

Assim, não há nada de errado em falar aqui sobre o Dungeon Fantasy Roleplaying Game, o novo jogo da Steve Jackson Games que se encontra neste momento em financiamento coletivo.

Mockup do boxed set e seus 5 livros.

Dungeon Fantasy Roleplaying Game é ao mesmo tempo um suplemento de GURPS e um jogo autônomo. Este boxed set utiliza as regras do GURPS 4ª edição, mas traz apenas as informações necessárias para jogos de fantasia medieval, principalmente aventuras focadas na exploração de dungeons. A parte boa é que não é necessário nada além do que vem na caixa para se jogar.

O jogo traz cinco livros que contém todas as regras de GURPS necessárias para jogos de fantasia, sem todo o resto que não é conveniente para o gênero em questão - em resumo, uma versão do GURPS enxuta e sem informações desnecessárias.

Os cinco livros, divididos desta maneira para facilitar a consulta, somam 408 páginas e são os seguintes:

Adventurers: regras para a criação de personagens. Traz 9 raças diferentes e 11 "profissões" - templates para a criação dos arquétipos mais clássicos dos RPGs de fantasia. Contém ainda regras para equipamentos, perícias e todo o resto necessário, mas sem abordar os aspectos do sistema GURPS que não são convenientes para o tipo de jogo em questão.

Exploits: as regras propriamente ditas. Inclui as regras para combate e outros testes, assim como armadilhas e demais desafios, tesouros, e várias dicas para mestres e jogadores.

Spells: contém cerca de 400 magias para serem utilizadas pelas 4 classes de conjuradores do jogo (bardos, magos, clérigos e druidas). Traz também regras completas sobre o funcionamento das magias e as diversas origens destes poderes.

Monsters: um compêndio com 80 monstros, tanto clássicos quanto originais. Todos com dicas para os jogadores de como os personagens devem lidar com as criaturas, assim como dicas para o mestre de como usar os monstros em suas venturas.

Dungeon: uma aventura pronta para já começar jogando.

Mas não é apenas isso que o boxed set contém. Além dos livros há também miniaturas de papel cartão, mapas de combate e dados. Tudo o que você precisa para jogar.

Apesar de sua versão enxuta das regras, Dungeon Fantasy Roleplaying Game é 100% compatível com a 4ª edição do GURPS, sendo uma boa opção para quem ainda não tem o módulo básico do jogo, ou tem mas não possui o GURPS Fantasy.

O boxed set está saindo por US$ 50,00 no financiamento coletivo (pelo Kickstarter, ou seja, é necessário um cartão internacional), e o projeto ainda não atingiu a meta básica de financiamento (mas falta pouco e ainda restam 18 dias, provavelmente a meta será atingida bem antes do fim). Tratando-se da Steve Jackson Games e considerando que o texto do material já está totalmente completo, não há muito riscos em relação a este projeto.

A única parte chata é que o frete para o Brasil deve sair por volta de US$ 65,00 - mais caro do que o jogo. Mas há a opção de pegar os livros apenas em PDF, o que custará  US$ 36,00 sem frete.

GURPS não é meu jogo de escolha para fantasia medieval (prefiro usar o sistema para jogar outros gêneros), mas já tive algumas boas horas de diversão jogando fantasia em Yrth (o cenário do GURPS Fantasy). Se você como eu é fã de GURPS e curte um dungeon crawl mais "realista", Dungeon Fantasy Roleplaying Game pode ser uma boa pedida para você.

sábado, 10 de setembro de 2016

D20 Forjado de Aço!

Gil Ramirez, mais conhecido como Gil The Vlogsmith, construiu um dado de 20 lados. De aço. Usando uma forja e uma bigorna.

Assistam aí:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...