quarta-feira, 22 de outubro de 2014

D&D 5ed: Alguns Itens Mágicos do DMG

Mais três páginas de preview do novo Dungeon Master's Guide foram divulgadas pela Wizards of the Coast. Ainda são apenas itens mágicos, mas desta vez temos alguns anéis e os figurines of wondrous power:

Uma coisa que já podia ser vista no preview anterior, mas que agora ficou muito mais óbvio de ser notado, é que os itens mágicos receberam uma espécie de classificação por raridade nesta edição.

Além dos itens que acompanham a descrição, é possível ver também algumas ilustrações de outros itens já velhos conhecidos nossos. E as piadinhas com os falsos post it continuam.

E falando em ilustrações, as ilustrações dos itens estão bem legais, e na minha opinião adiciona muito ao clima do jogo ter boas referências visuais dos itens mágicos.

Vemos também que o anel de estrelas cadentes recarrega suas cargas automaticamente, o que é bem diferente de como funcionavam as cargas de itens mágicos nas edições mais antigas. Se isso é uma característica única deste anel ou o novo padrão, ainda é cedo para saber, já que no D&D 3.5 este anel sequer possuía cargas, funcionando por limite de usos em relação ao tempo.

terça-feira, 21 de outubro de 2014

Novos Backgrounds Para D&D 5ªed

Para a galera que está curtindo o D&D 5ªed, uma boa notícia: o blog gringo Hack & Slash (que de hack & slash de fato não tem nada, ainda bem) fez uma série de postagens trazendo novos backgrounds, diferentes daqueles presentes no novo Player’s Handbook.

Os backgrounds do D&D 5ªed na verdade não são novidade alguma, pois não passam da “institucionalização” de uma prática bastante comum (e eu diria mesmo obrigatória, ao menos nos meus grupos) de definir em linhas gerais o background, isso é, o passado resumido e atividades anteriores, do personagem, e consequentemente, considerar todos os prós e contras disso dentro do jogo.

O método tradicional, que envolve comprar as perícias e equipamentos mais logicamente relacionados ao background do personagem ao invés de simplesmente pegar um pacote pré-determinado pelo livro, e definir as características de personalidade criando-as você mesmo, certamente é muito mais orgânico do que o método trazido pela nova edição do D&D.

Ainda assim, não acho a regra de background uma regra ruim, já que nem todo mundo parece ter a presença de espírito para perceber que estas coisas não precisam de um conjunto de regras escritas e definidas para serem realizadas, e no mínimo, as tabelas podem dar algumas boas ideias mesmo aos mais experientes.

Todo o segredo em relação aos backgrounds do D&D 5ªed na verdade está em não ser muito rígido em relação a eles – o próprio livro explica como na verdade aqueles exemplos não passam de um punhado de escolhas de perícias, equipamento inicial e características pessoais do personagem.

E é aí que Courtney Campbell, do Hack & Slash,  aproveita a deixa e, utilizando estes parâmetros sem se prender demais às regras, nos traz uma série de novos backgrounds que são simplesmente geniais! Boa parte destes novos backgrounds são até muito melhores dos que os originais do livro do jogador.

A lista destes novos backgrounds pode ser coletada diretamente no blog, ou então reunidos em um PDF e acompanhados de outros materiais por apenas US$ 3,99 ou mesmo em versão impressa por US$ 6,99. Há também a opção de suportar o escritor através do Patreon, e então ter à sua disposição além de todos estes backgrounds do blog, ainda mais dois exclusivos para os seus mecenas.

Então, se você está jogando a nova edição do D&D e está pensando em criar um personagem que era um artista circense, uma criança selvagem, um contrabandista, ou alguma outra ideia não englobada pelo livro básico, eu lhe aconselho fortemente a ir dar uma olhada nestes novos backgrounds.

segunda-feira, 20 de outubro de 2014

O Ídolo da Semana

O ídolo desta semana, assim como o da semana passada, também vem do tributo The God With the Bowl:

Print Baby God with his Bowl, ilustrado por Allan Zieser

A ilustração acima, de autopria de Allan Zieser, traz uma versão bebê do famoso ídolo de Trampier. Pode até não ser uma grande obra de arte, mas é certamente bastante criativa!

sexta-feira, 17 de outubro de 2014

D&D 5ed: O Deck of Many Things do Novo DMG

E a Wizards of the Coast divulgou o primeiro preview do novo Dungeon Master's Guide - trata-se do Deck of Many Things, um dos itens mágicos mais amados e caóticos da história do D&D:

Como já é costume, outros itens da página foram escondidos para não serem revelados antes do tempo.

A ilustração das cartas: ficaram muito bonitas. Será que podemos ter a esperança de uma versão física do baralho?

O lançamento do Dungeon Master's Guide, que inicialmente seria em Novembro, foi protelado para o início de Dezembro, o que significa que provavelmente ainda teremos muitos previews deste livro pela frente.

quinta-feira, 16 de outubro de 2014

Afinal, o Que É o Movimento OSR?

Atualmente surgiu uma imensa discussão sobre o que seria de fato a OSR (Old School Renaissance, Old School Revival, Old School Rules, ou seja lá como você preferir chamar). A discussão foi longe ao ponto de alguns alegarem, não passar de uma jogada de marketig ou alegarem que ela não existe nem nunca existiu.

Bem, conceituar o movimento OSR é difícil, disso não há dúvida. Mas nem só porque algo é difícil (ou até mesmo impossível) de ser definido torna-se automaticamente algo falso ou inexistente.

Sou um biólogo, e a biologia é definida basicamente como a ciência que estuda a vida. Biólogos também são conhecidos por tentar avidamente classificar tudo – afinal, é assim, categorizando os seres em espécies que conseguimos identificar exatamente o que estamos estudando e estabelecer a relação evolutiva entre as diversas criaturas.

E ainda assim, ninguém nunca conseguiu conceituar de forma totalmente satisfatória e definitiva o que é vida. Mas nem por isso ninguém afirma que a biologia seja uma farça ou uma balela. Ao menos, ninguém sério e razoável.

Pois é, resumindo a história, biólogos estudam algo que eles não conseguem explicar o que é. Ainda assim, todos reconhecem a vida quando a encontram.  Claro, pode haver algumas pequenas divergências de opinião em um ou outro ponto, mas no geral todo mundo sabe o que é vida, mesmo que seja incapaz de conceituá-la.

Eu também trabalhei durante certo tempo academicamente com RPG, e uma das coisas mais complicadas e que gerava discussões das mais calorosas sempre foi conceituar o próprio RPG, definir o que se encaixava nesse gênero de jogo e o que não.

Mas, assim como no caso da vida, cada um pode ter sua  opinião própria sobre até onde algo pode ou não ser considerado um RPG, e ninguém ter uma definição totalmente satisfatória para o termo, mas ainda assim, quando falamos sobre RPG todo rpgista sabe exatamente a que tipo de jogo estamos nos referindo.

Mais importante, ninguém duvida ou renega a existência da vida ou dos RPGs apenas pela dificuldade de definí-los. E ninguém afirma que esses termos foram inventados, ou sejam perpetuados, apenas para alguém se auto-promover. Pelo contrário, é muito mais provável que qualquer um que dissesse isso, este sim, fosse acusado de estar apenas tentando se auto-promover.

A situação do movimento OSR é exatamente igual ao da vida e do RPG: não conseguimos definí-lo, há várias divergências sobre o que se encaixa ou não dentro dele, cada um pode encará-lo de uma forma, mas ainda assim, é inegável a sua existência. E mais importante, conseguimos reconhecer quando encontramos um elemento de jogo que é um verdadeiro representante da OSR.

O movimento OSR existe, e como tudo que existe de verdade, não precisa que as pessoas lhe conceituem de forma definitiva, ou sequer lhe entendam completamente, para que continue existindo.

segunda-feira, 6 de outubro de 2014

O Ídolo da Semana

O ídolo desta semana também vem do tributo The God With the Bowl:

You can pick your evil god… - Allan Dotson "You can pick your evil god…"

A ilustração acima, de autoria de Allan Dotson, chama-se "You can pick your evil god…", e é uma homenagem tanto ao ídolo quanto a outro trabalho de Trampier, as tirinhas do dragão Wormy.

A criatura pendurada no ídolo é Eddy, o Ettercap, personagem da webcomic criada pelo autor, Critters, que é inspirada nas antigas tirinhas de Trampier.

quinta-feira, 2 de outubro de 2014

Começou a Pré-Venda do Livro Old Dragon: Guia de Armadilhas!

É com imenso prazer que venho lhes dar esta notícia: entrou em pré-venda o Guia de Armadilhas do Old Dragon!

Guia de ArmadilhasA capa está linda demais! 

O Guia de Armadilhas Old Dragon é um livro escrito em conjunto por mim e por Rafael Beltrame, e também será o primeiro suplemento azul (isto é, um livro que não é básico, nem uma aventura) do Old Dragon lançado fisicamente pela Redbox.

Este trata-se do meu primeiro material de RPG publicado profissionalmente, e tenho certeza de que eu e o Beltrame fizemos um bom trabalho nele. É um livro que é interessante aos mestres veteranos, com muitas boas ideias para armadilhas e desafios, e uma mão na roda para os mestres iniciantes, que terão muitas dicas e orientações de como incluir estes elementos em suas aventuras de forma interessante.

Vejas as palavras oficias da editora:

Old Dragon Guia de Armadilhas
Pré-venda aberta! Previsão de entrega 07/11/2014

Aventuras podem estar cheias de monstros horrendos, mas o que as tornam realmente desafiadoras são as armadilhas, enigmas e perigos naturais. Este é guia definitivo para esses desafios.

São mais de 100 armadilhas, com descrição, gatilho, efeito, contramedidas e nível de periculosidade (medido por caveiras!).

Muitas são de uma engenhosidade maligna, para trucidar qualquer grupo incauto de personagens. Além disso, diversos enigmas e charadas (incluindo desafios de taverna) e vários perigos naturais, como chuva, corredeiras, areia movediça e muito mais completam o conjunto.

Jogadores, preparem os instintos e boa sorte nas Jogadas de Proteção!

O Guia de Armadilhas será vendido durante a pré-venda com preço especial de R$ 34,90 e garante ao comprador não só o livro físico mas o arquivo digital do livro de modo inteiramente gratuito. Após o final do período da pré-venda, o arquivo digital será comercializado por R$ 12,90.

Além disso, há também um preview do livro disponível na loja da Redbox, a partir do qual vocês podem ter um gostinho de como este suplemento foi escrito e o que ele trará em suas páginas.

Armadilhas OD layout preview O layout interno ficou muito legal!

O livro traz dezenas de armadilhas, das mais simples às mais complexas e inusitadas, com sugestões de variações para quase todas elas, ampliando ainda mais a variedade disponível ao mestre. Mas além disso, o livro traz também capítulos dedicados a charadas e enigmas que devem ser resolvidos com inteligência e perspicácia, e também a desafios naturais, coisas que estão além do controle dos meros mortais. Isso tudo dará ao mestre um arsenal infindável para colocar contra os personagens de seus jogadores que vai muito além dos monstros encontrados no Bestiário. E se já não fosse o suficiente, tudo isso acompanhado de ilustrações maneiríssimas!

Então é isso galera, visitem a loja da Redbox e adquiram o Guia de Armadilhas Old Dragon, que estará em pré-venda durante todo o mês, com previsão de entrega no dia 07 de Novembro. Dou minha palavra de que o livro vale à pena!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...